Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

13/12/2017 - 00:37

Sao Luis: Céu Limpo, 27 °C

Espanha vence Itália nos pênaltis e jogará final da Confederações com o Brasil, no Maracanã

Espanha vence Itália nos pênaltis e jogará final da Confederações com o Brasil, no Maracanã

Foi um jogo sonolento tendo com o protagonistas a Itália e a campeã do mundo Espanha. O sono só foi despertado em alguns momentos de susto e alarme, mas gol, que é bom, só aconteceu mesmo nos pênaltis. Ao final, o zagueiro Bonucci chuta por cima contra o gol de Casillas. O atacante Jesus Navas cobrou para colocar a Espanha na final contra o Brasil: 7 a 6.

As duas seleções mostraram um cansaço destrutivo ao longo dos 90 minutos e e dos 30 de prorrogação. Habituada a jogar na defesa e partir em contra-ataques, a Itália fez seu melhor e, aos poucos, o jogo ganhou a cadência de que os italianos necessitavam.

As duas seleções tiveram algumas oportunidades de marcar no tempo normal e na prorrogação, mas as pernas (e pricipalmente o cérebro) mostravam um bloqueio no último instante do chute perfeito. Seis bolas de gol foram chutadas por cima do travessão, de dentro da área pequena.

Na cobrança de pênaltis, Xavi, Iniesta, Piqué, Sergio Ramos, Juan Mata, Busquets e Jesús Navas garantiram  o total aproveitamento espanhol, com 7 chutes perfeitos.

Pela Itália, Candreva, Aquilani, De Rossi, Giovinco, Pirlo e Motolivo chutaram com categoria. Mas Bonucci colocou tudo  a perder ao errar a sétima cobrança.

A decisão será no Maracanã, domingo, contra o Brasil, às 19 horas. Antes, às 13h, Itália e Uruguai jogam pelo terceiro lugar, na Fonte Nova, Salvador (BA).

Protestos em volta do Castelão

Ao lado do Castelão, houve confronto entre manifestantes e PM. Mais de 70 pessoas foram detidas, quando a marcha forçou a passagem em direção ao estádio, onde Espanha e Itália sofriam com o calor, em busca de uma vaga na final contra o Brasil.

A avenida Dedé Brasil só foi desbloqueada no final da tarde. Vários movimentos populares se juntaram para realizar a manifestação. A agenda de demanda começa com verbas para educação, saúde até projetos especiais de combate à seca do Nordeste.

De acordo com um manifestante, os confrontos ocorrem porque as pessoas "não aguentam mais a falta de condições dignas de vida". "As pessoas estão em marcha indo para um estádio que custou mais de R$ 500 milhões enquanto elas não têm condições de saúde, de moradia e de educação. Elas querem mostrar sua indignação e não têm nem acesso ao estádio, isso é que é violento. As manifestações são importantes porque revelam o que está adormecido há muito tempo", comentou o ativista Livino Neto.

O confronto ocorreu em um momento em que a associações de policiais cearense disseram que queriam se juntar aos manifestantes. Houve convocação da tropa por vídeo, postado no youtube.

Veja imagens de manifestações em outras cidades do Brasil

 

 

 

 

 





Enquete

Você é a favor do Uber ou outros aplicativos de transporte em São Luís?:

 


E-mail:

greg