Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

13/12/2017 - 00:35

Sao Luis: Céu Limpo, 27 °C

Brasil quebra invencibilidade de 3 anos da Espanha e fatura a Confederações com goleada

Brasil quebra invencibilidade de 3 anos da Espanha e fatura a Confederações com goleada

O Brasil quebrou a rotina da Espanha de viver 3 anos sem experimentar derrotas: o Brasil venceu a temível seleção campeã do mundo, que não perdia havia 29 jogos. Com a vitória por 3 a 0, o time de Felipão conquistou a Copa das Confederações neste domingo à noite, em um Maracanã lotado.

Neymar (na foto com Freddy) foi eleito o melhor jogador da competição, à frente de Paulinho (terceiro) e Iniesta (segundo). Neymar foi consagrado pelos torcedores que estiveram no Maracanã.

 A 1m40, Freddy marca um gol de acrobata, caído: 1 a 0. Ao final do primeiro tempo, Neymar jogando como o melhor atacante brasileiro, passou para Oscar, saiu do impedimento e recebeu na frente para soltar uma bomba a 110 Km/h: 2 a 0.

O zagueiro David Luiz salvou o gol que seria o empate da Espanha: Pedro desceu com velocidade, tocou na saída de Júlio Cesar e o zagueiro deslizou na grama para tirar a bola a centímetros da linha, chutando por cima do travessão.

Assim que o segundo tempo começou, o Brasil mostrou mais uma vez sua força contra os espanhois. Um lançamento de Oscar para Neymar; o atacante brasileiro deu um drible de corpo em Apicuelta e a bola sobrou para Freddy, mais uma vez, chutar e bater o goleiro Casillas: 3 a 0

Aos dez do segundo tempo, pênalti de Marcelo em Jesus Navas (que subistituiu Matta). Sergio Torres chutou para fora, para desespero do time espanhol.

Na metade do segundo tempo, o zagueiro Piqué foi expulso, após uma falta violenta em Neymar, que partia em velocidade contra o gol de Casillas.

Assim que o jogo acabou, Neymar foi cumprimentar cada um dos jogadores espanhois, enquanto a seleção brasileira festejava do outro lado.

Em cinco jogos, Neymar foi escolhido quatro vezes o melhor em campo, pelas estatísticas da Fifa.

O técnico Luis Felipe Scolari festejou a vitória mas foi cauteloso na análise: "percorremos um caminho até a essa vitória final contra a Espanha, mas teremos um campeonato mundial muito mais difícil pela frente. Ganhamos de 4 seleções campeãs mundiais e estamos mais confiantes", disse Felipão.

 

 





Enquete

Você é a favor do Uber ou outros aplicativos de transporte em São Luís?:

 


E-mail:

greg