Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

20/10/2017 - 05:52

Sao Luis: Algumas Nuvens, 26 °C

Via Sacra reúne milhares de pessoas no Anjo da Guarda

Via Sacra reúne milhares de pessoas no Anjo da Guarda

Milhares de pessoas prestigiaram a encenação da Via Sacra, no Anjo da Guarda, na quinta (24) e sexta-feira (25).

A peça é tradição do teatro maranhense e ponto alto das comemorações da Semana Santa na capital.

O espetáculo conta a Paixão de Cristo e completa 35 anos trazendo novidades com adaptações ao roteiro original, à estrutura cênica e cenográfica.

Muito esperada pelo público, nesta edição o espetáculo desenvolveu o tema "A Face Poética da Verdade", que ao longo da apresentação uniu rimas, métricas, jogos de cena e elementos de duas manifestações artísticas: a poesia e o teatro.

As sete primeiras cenas foram renovadas com inclusões que se tornaram sucesso durante os 35 anos da apresentação – a Anunciação do Anjo Gabriel, o Nascimento de Cristo, a Matança das Crianças por Herodes. “Mergulhamos nas edições anteriores e trouxemos algumas cenas que foram bem aceitas pelo público. As cenas alteradas ganham destaque nessas novidades, pois valorizamos a Mãe de Jesus e a presença da mulher na história de Cristo”, explicou a diretora da Via Sacra, Fátima Di Franco.

Outra novidade é a presença do Cordel nas primeiras cenas como forma de dialogar com o tema do espetáculo deste ano, que aborda a poesia no teatro. A poesia e o teatro exaltados nos vários atos e momentos da peça, desde o poema do Anjo da Anunciação, de César Teixeira; na composição das músicas de Josias Sobrinho; no coral de Simão; na sonoplasta de Walber Bonfim, entre outros da equipe que fazem essa arte todos os anos.

O público se emocionou com a apresentação e como ocorre todos os anos, a emoção se manifestou nos rostos de milhares de pessoas. “Eu sinto que é uma grande honra poder assistir essa apresentação e cada vez que assisto vejo a mensagem para saber se estamos fazendo mesmo o que Cristo quer. Ele sofreu por nós e temos que lembrar sempre dele. É por causa dele que estamos aqui”, disse a aposentada Silam Diniz, 68 anos, moradora do bairro e que acompanha a peça desde a primeira exibição.

A estudante Marcel Resende Costa, 25 anos, já participou compondo elenco da peça e agora é expectadora assídua. “Sempre me emociono e agradeço por esse trabalho ser apresentado para nós todos os anos. Que as gestões possam sempre apoiar essa bela manifestação de fé em forma de arte”.

Comércio

O espetáculo também ajuda a movimentar o comércio do bairro e áreas do entorno. Ao longo da encenação, mais de 50 vendedores se concentram, além dos que ficam circulando no trecho. As vendas são as mais diversas – de lanches a comida e doces. Água, sucos e bebidas em geral também não faltam. Quem vai para curtir o espetáculo está bem servido de opções para lanchar. Para quem trabalha neste período a venda é garantida. É o que diz o comerciante Antônio Jorge Serra que sempre faz sua venda no corredor da Via Sacra.

O comerciante diz que nos dois de evento consegue dobrar o lucro, em comparação aos dias normais. Na sexta-feira, diz ele, o movimento é ainda maior. “Além de assistir ao espetáculo, a gente ainda ganha um dinheiro extra. Vem muita gente e é garantia de venda certa. A peça contribui para todos os vendedores que vêm para cá”, disse ele. Maria Eugênia Nascimento, 35 anos, também aposta na data para vender mais. “São dois dias que a gente tem um dinheirinho extra e já dá para arrumar muita coisa em casa. Todo ano eu venho trabalhar aqui e graças a Deus, consigo vender bem”. 

Segurança

Para garantir a tranquilidade e a segurança de quem foi assistir ao espetáculo, o Governo do Estado destacou efetivo da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros para monitoramento de todo o trajeto da peça. Foram cerca de 300 policiais militares e mais 70 bombeiros concentrados nas proximidades dos palcos e em outros pontos estratégicos da montagem, sob a coordenação Comando de Policiamento de Área Metropolitana 3 (Cpam).

A estratégia de patrulhamento para os dois dias foi definida com a comunidade local e com o Grupo Grita. A polícia montou barreiras de contenção nas entradas do bairro. Ainda no reforço do efetivo estavam policiais nas viaturas, de moto e também a pé. Uma unidade de atendimento a primeiros socorros foi destacada para atender possíveis ocorrências.

“O efetivo esteve a postos para qualquer situação que pudesse ocorrer, para garantir que o público prestigiasse o espetáculo sem sobressaltos”, destacou o comandante operacional metropolitano do Corpo de Bombeiro, Wuibirajá Figueiredo. O comandante frisou ainda a relevância em trabalhar durante a produção teatral mantendo a ordem e garantindo que o espetáculo se desenvolvesse com segurança.

“Esse espetáculo todos os anos atrai milhares de pessoas e muitos são turistas. Para nós, além de cumprir com a missão do nosso trabalho que é prevenir acidentes e salvar vidas, é também uma oportunidade de contribuir com a cultura e o turismo do nosso estado”, disse. Ainda na avaliação do comandante Wuibirajá, o espetáculo trouxe alegria e a boa palavra para todos.

Superprodução

A Via Sacra envolve mais de R$ 2,8 mil pessoas incluindo elenco, produção, apoio, equipe técnica e comércio informal. Conta ainda com a ação de forças policiais que garantem toda a infraestrutura para que seja realizado – Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil.

No elenco são mais de 800 pessoas atuando, sendo 120 caracterizadas de povo, 150 de soldados, 120 crianças e adolescentes no grupo balé de anjos, 20 no elenco principal, 12 no corpo de apoio e mais oito bailarinos. A peça é encenada ao ar livre em cinco locais no Anjo da Guarda totalizando um percurso de dois quilômetros.

A população participa ativamente da montagem representando 90% dos componentes. São moradores do Anjo da Guarda e da área Itaqui-Bacanga, distribuídos em vários setores da encenação.

O Grupo Grita vem atuando há 41 anos promovendo arte e oferecendo cursos – oficinas e produções – sendo a Via Sacra o produto de maior destaque e sempre com a comunidade envolvida.

 

 

 

 

 

 

 





Notícias

greg

Enquete

Você é a favor do Uber ou outros aplicativos de transporte em São Luís?:

E-mail: