Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

23/09/2017 - 07:57

Sao Luis: Algumas Nuvens, 26 °C

Nutricionista apresenta 5 razões para incluir soja nas refeições

Nutricionista apresenta 5 razões para incluir soja nas refeições

A soja é uma das leguminosas mais completas e pode proporcionar diversos benefícios para a saúde. Ela é rica em proteínas de alta qualidade, gorduras “boas” (como as mono e poli-insaturadas), fibras, vitaminas e minerais.

No Brasil, a Anvisa aprovou a soja como um alimento com propriedade funcional e recomenda o consumo de no mínimo 25 gramas por dia da proteína vinda desse alimento, associado a hábitos de vida saudáveis.

Segundo a nutricionista Glaucia Figueiredo Braggion, nutricionista especializada em nutrição esportiva, refeições com maior consumo de alimentos vegetais são benéficas, já que esses alimentos são ricos em fibras solúveis que formam uma espécie de gel no trato-digestório e tornam a digestão mais lenta, proporcionando sensação de saciedade por mais tempo.

“O recomendado é que haja uma variação ao incluir a soja na alimentação, fazendo uso deste grão no preparo de saladas, pratos quentes ou vitaminas e alterando seu uso no cardápio, para evitar a monotonia alimentar”, completa.

A nutricionista apresenta 5 razões para você incluir a soja em seu cardápio:

1- Proteína de qualidade
Fonte de proteína vegetal de alto valor biológico, o grão pode desempenhar um papel importante na saúde. Sua composição rica em lipídeos, carboidratos, proteínas, fibras e outros nutrientes como vitaminas A e C, cálcio, potássio e isoflavonas que podem ajudar na prevenção de doenças cardiovasculares, osteoporose, câncer, diabetes e podem ajudar a reduzir os sintomas da menopausa.

2- Faz bem ao coração
Incluir a soja na dieta pode trazer benefícios ao coração uma vez que a proteína da soja auxilia na diminuição dos níveis de colesterol sanguíneo, um importante fator de risco para doença coronariana. Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), a proteína de soja é um nutriente com propriedades funcionais e/ou de saúde e foi aprovado que o consumo diário de no mínimo 25g de proteína de soja pode ajudar a reduzir o colesterol. Seu consumo deve estar associado a uma alimentação variada e a hábitos de vida saudáveis.

3- Alimento Seguro
Seu consumo é seguro para todas as faixas etárias, podendo fazer parte de uma alimentação equilibrada e aliada a hábitos de vida saudáveis tanto para crianças quanto para adultos, dentro de uma alimentação equilibrada e variada.

4- Zero lactose
As bebidas e os alimentos à base de soja não possuem lactose, podendo assim ser indicados a quem possui intolerância à lactose ou alergia à proteína do leite. Ainda, algumas bebidas à base de soja do mercado possuem fortificação de cálcio, com o mesmo teor presente no leite, mas é sempre bom ter ciência de que qualquer restrição deve ter acompanhamento de um profissional de saúde garantindo adequação calórica e ingestão de todos os nutrientes.

5- Alimento Versátil
A soja pode ser consumida de diversas maneiras. Seja através do grão em refeições ou nas versões em bebidas de soja, em vitaminas e shakes. 





Notícias

Enquete

Você é a favor do Uber ou outros aplicativos de transporte em São Luís?:

E-mail: