Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

20/10/2017 - 05:58

Sao Luis: Algumas Nuvens, 26 °C

Polícia confirma 20 mortos após explosão em show de Ariana Grande, na Inglaterra

Polícia confirma 20 mortos após explosão em show de Ariana Grande, na Inglaterra

A polícia do Reino Unido confirmou que pelo menos 20 pessoas morreram e 50 ficaram feridas na explosão ocorrida nesta segunda-feira (22) na Manchester Arena durante um show da cantora americana Ariana Grande. Testemunhas que assistiam na noite desta segunda-feira (22) ao show da cantora Ariana Grande na Manchester Arena, na Inglaterra, descreveram à imprensa local cenas de pânico após uma grande explosão.

Diversas ambulâncias foram enviadas à arena, onde havia cerca de 20 mil pessoas. A suspeita inicial é que a explosão tenha sido um atentado terrorista causado possivelmente por um homem-bomba.

O incidente ocorreu no final do show. De acordo com as primeiras informações a explosão ocorreu nas arquibancadas. Um vídeo postado no Twitter mostra fãs gritando e correndo ao tentar sair do local.

Os nomes dos mortos e feridos não foram divulgados. Um porta-voz da gravadora de Ariana Grande disse que a cantora estava bem.

"Todo mundo estava gritando e correndo, o chão estava repleto de casacos e telefones celulares. As pessoas simplesmente jogavam tudo", contou à rede de televisão "BBC" Robert Tempkin, de 22 anos. Majid Khan, de 22 anos, descreveu à agência de notícias Press Association que a explosão aconteceu logo após a última música apresentada pela cantora, quando o público começava a deixar a arena.

"Houve uma explosão, e todas as pessoas que estavam do outro lado do ginásio começaram a correr de repente porque tentavam sair para (a rua) Trinity Way", afirmou. Essa saída "estava bloqueada, por isso todo mundo corria para encontrar qualquer saída o mais rápido possível", acrescentou.

Outra testemunha contou que pouco depois que a cantora se despediu do público, "as luzes se acenderam, houve grandes estrondos e as pessoas começaram a correr e gritar". "Entramos em um elevador para o andar de cima, para as saídas. Quando as portas se abriram, vi sangue no chão e duas pessoas feridas. Tinha sangue em todo o seu rosto", disse.

A Inglaterra está no nível de alerta "severo", o segundo mais alto, o que significa que um ataque de militantes é considerado altamente provável. O caso teve repercussão imediato no meio político britânico. Tanto Jeremy Corbyn, líder do partido trabalhista, como Tim Farron, lider dos Liberais, manifestaram pesar e preocupação.

A primeira-ministra Theresa May deve ser reunir com líderes locais na manhã desta terça-feira.

A Manchester Arena, maior arena coberta da Europa, foi inaugurada em 1995 e tem capacidade para 21 mil pessoas, segundo o site. É um local popularmente usado para shows e eventos esportivos.

Nas redes sociais, o assunto ficou entre os mais comentados com as hashtags #PrayForManchester e #PrayForAriana. Entre as mensagens, estão as de alguns famosos, como Katy Perry e Demi Lovato, que lamentaram o ocorrido e pediram orações para os envolvidos na tragédia.

 





Notícias

greg

Enquete

Você é a favor do Uber ou outros aplicativos de transporte em São Luís?:

E-mail: