Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

20/10/2017 - 23:48

Sao Luis: Céu Limpo, 27 °C

Maranhense é suspeito de envolvimento em tentativa de roubo de R$ 1 bilhão em SP

Maranhense é suspeito de envolvimento em tentativa de roubo de R$ 1 bilhão em SP

A Polícia Civil de São Paulo identificou n última segunda-feira (2) uma quadrilha que construiu um túnel de 500 metros para assaltar a fortuna de R$ 1 bilhão do Banco do Brasil, na zona sul.

Depois de investigações e identificação dos 16 suspeitos, a Polícia Civil de São Paulo e a Polícia Civil do MA por intermédio da Superintendencia de Investigações Criminais (SEIC) descobre a identidade de Marcos Paulo Chini, vulgo "Papel", foragido do Sistema Penitenciário Maranhense desde o dia 16 de maio de 2017 quando foi beneficiado pela saída temporária do Dia das Mães.

O mandado de recaptura foi enviado ao departamento de roubo a banco do Departamento Estadual de Investigações Criminais de São Paulo (DEIC-SP) para o devido cumprimento. Os oficiais da SEIC no Maranhão aguardam a decisão judicial para realizar o recambiamento do suspeito ao Estado do Maranhão.

Marcos foi preso em novembro de 2015 por policiais da SEIC e do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) do Piauí, após participação no assalto a Caixa Econômica Federal da cidade de Bacabal de onde foi roubada a quantia de R$ 1 milhão de reais.

Veja abaixo:

Roubo de R$ 1 Bilhão

Policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais de São Paulo (DEIC-SP) com o apoio do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (GARRA) prenderam 16 pessoas após descoberta de um túnel de 500 metros que seria usado para roubar uma quantia estimada em R$ 1 bilhão do Banco do Brasil, na zona sul da capital paulista.

Segundo a polícia, os assaltantes cavaram o túnel a partir de uma residência, que foi alugada. A obra impressiona pela estrutura, que contava com escoras, ventilação e iluminação.

Ainda de acordo com a polícia, a quadrilha estava há cerca de 3 meses construindo o túnel, que levaria os ladrões até o cofre principal da agência do Banco do Brasil.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, participou de entrevista à imprensa no Deic nessa terça-feira (3) e informou que a quadrilha investiu R$ 4 milhões para construir o túnel. A ação estava planejada para o próximo fim de semana.

Ao todo foram detidos:

Alceu Céu Gomes Nogueira, Ailton Barboza Pereira Júnior, 30 anos; Alex Rocha dos Santos, 38 anos; André Luis Moura Reinaldo, 41 anos; Carlos Alberto Ferreira dos Santos, 33 anos; Daniel Ferreira dos Santos, 22 anos; Fernando Augusto Santiago, 40 anos; João Carlos Pereira de Almeida, 37 anos; Josemar Teixeira Alves, 31 anos; Marcelo Ferreira, 47 anos; Marcelo Tadeu Correia, 43 anos; Marcos Paulo Chini, 43 anos; Marcílio da Rocha Campos, 45 anos; Milton César Borges, 45 anos; Roberto Herci, 52 anos; Valdomiro José da Cruz, 55 anos.
 





Notícias

greg

Enquete

Você é a favor do Uber ou outros aplicativos de transporte em São Luís?:

E-mail: