Governo lança segunda etapa do Maranhão Juros Zero | SuaCidade.com

suaCidade

São Luís

20/08/2018 - 23:26

Sao Luis: Céu Limpo, 25 °C

Governo lança segunda etapa do Maranhão Juros Zero

Governo lança segunda etapa do Maranhão Juros Zero

O governador Flávio Dino autorizou a prorrogação do Programa Maranhão Juros Zero. Criado em 2017 com o objetivo de estimular o empreendedorismo no Maranhão, por meio de linha de crédito a custo zero, a segunda etapa do programa oferece mais facilidades e menos burocracia: “No novo termo de cooperação com a instituição bancária, definimos uma nova linha de crédito com exigências de garantia mais flexíveis e a possibilidade de assinatura de um fundo garantidor com cobertura da operação”, explica o secretário de Governo, Antônio Nunes.

Para a nova etapa do programa, o Governo do Estado destinou R$ 2,5 milhões para financiar os juros sobre operações de crédito de até R$ 20 mil. Pequenos empresários de todo o Estado já podem solicitar o financiamento junto às agências do Banco do Brasil.

Como participar

O Governo do Maranhão vai pagar todos os juros de financiamentos feitos por pequenos empresários até o valor de R$ 20 mil. Os valores podem ser usados para ampliar os negócios, aquisição de equipamentos ou formar capital de giro.

O empresário já pode procurar uma agência do Banco do Brasil onde sua empresa tenha conta corrente e solicitar habilitação para participar do Programa Juros Zero. Em seguida, a instituição financeira verifica se ele atende os critérios para o financiamento.

Caso atenda, o financiamento é liberado e as parcelas passam a ser cobradas mensalmente. Se o empresário pagar em dia, sem atrasos, o Governo devolve a ele o valor dos juros cobrados pelo banco. Podem solicitar o financiamento, microempresários ou proprietários de empresas de pequeno porte, com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões.

A devolução dos juros será feita com depósito em conta de livre movimentação que a empresa detenha na instituição financeira. O valor do empréstimo deve ser investido na ampliação dos negócios, aquisição de equipamentos, formação de capital de giro ou para sanar deficiências de caixa.

A fim de possibilitar que microempreendedores de todo o Maranhão possam participar, o Governo distribuiu os recursos do programa entre as 21 microrregiões do Estado, mapeadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).





 

 

 

Enquete

Você é a favor do Uber ou outros aplicativos de transporte em São Luís?:


E-mail:

greg