Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

24/10/2018 - 02:01

Sao Luis: Céu Limpo, 26 °C

Netflix registra recorde no trimestre com 7,41 milhões novos assinantes

Netflix registra recorde no trimestre com 7,41 milhões novos assinantes

A Netflix anunciou na segunda-feira (16) que bateu a marca de 7,41 milhões de novos assinantes somente no primeiro trimestre de 2018. A expectativa da empresa era de conseguir em torno de 6,35 milhões novos usuários. No total, a plataforma de streaming agora conta com 125 milhões de usuários em todo o mundo. Série O Mecanismo aparece como uma das mais vistas no Brasil.

Parte deste número foi resultado de um melhor resultado para usuários fora dos Estados Unidos. Dentro do país, foram 1,96 milhão novos usuários, acima dos 1,45 milhão projetados. Já em outras localidades, foram 5,46 milhões de novos assinantes, também acima da expectativa de 4,9 milhões da empresa.

Por conta disso, a Netflix também aumentou a expectativas para o segundo trimestre deste ano. Agora, são esperados 1,2 milhão de novos usuários domésticos (de dentro dos EUA) e mais 5 milhões internacionais. As projeções anteriores eram de menos de um milhão para os Estados Unidos e 4,2 milhões para fora do país.

O primeiro trimestre também marca o melhor período em termos de crescimento da Netflix, com aumento de 43% em receita.

De acordo com o Recode, a Netflix é hoje a quinta empresa que mais investiu em 2017. Foram US$ 6,3 bilhões em gastos, atrás de Disney (US$ 7,8 bi), Time Warner (US$ 8 bi), Fox (US$ 8 bi) e NBCU (US$ 10,2 bi). Entre as empresas de streaming, ela foi a que teve mais gastos, a frente da Amazon (US$ 4,5 bi), Hulu (US$ 2,5 bi) e Apple (US$ 1 bi).

Na apresentação para investidores, o CEO da empresa, Reed Hastings, disse que a Netflix está com séries muito fortes, mas que pretende expandir seu catálogo de filmes. Ele também aproveitou a oportunidade para reiterar os problemas com Cannes: “Continuaremos a celebrar nossos filmes e cineastas em outros festivais ao redor do mundo, mas infelizmente teremos de ficar de fora de Cannes por enquanto, para que nossos crescentes novos assinantes da França possam continuar a desfrutar de nossos filmes originais".

Brasil

Embora não traga detalhes sobre o Brasil, o documento mostra que o serviço de streaming deve continuar a fazer investimentos em produções locais como O Mecanismo, série que romantiza a Operação Lava Jato.

“O nosso investimento em produções internacionais continua a aumentar com grandes originais em língua não-inglesa como o O Mecanismo. Vagamente inspirado em fatos reais e do criador de Narcos, José Padilha, esse drama está seguindo para ser um dos nossos originais mais vistos no Brasil. Também estamos vendo mais exemplos de conteúdo em outras línguas que transcende fronteiras”, disse o chefão da Netflix. O relatório também cita La Casa de Papel como a série mais assistida em língua não-inglesa.

Canaltech; Netflix.





 

 

Enquete

Você é a favor do Uber ou outros aplicativos de transporte em São Luís?:


E-mail:

greg