Livro sobre a azulejaria do Maranhão será lançado nessa sexta (25) | SuaCidade.com

suaCidade

São Luís

20/08/2018 - 14:18

Sao Luis: Pequenas Nuvens, 31 °C

Livro sobre a azulejaria do Maranhão será lançado nessa sexta (25)

Livro sobre a azulejaria do Maranhão será lançado nessa sexta (25)

Os azulejos fazem parte da beleza e do acervo histórico de São Luís, concedendo à capital maranhense os títulos de Cidade dos Azulejos e Patrimônio Cultural da Humanidade. Dedicando-se à preservação física e resgate histórico dessa riqueza arquitetônica, a pesquisadora de cultura popular maranhense e autora de diversos estudos, Zelinda Lima lança mais um importante livro, o quinto e último material sobre a azulejaria do Maranhão. Sendo publicado com o apoio do Sesc, o lançamento de “Azulejos de Fachada em São Luís do Maranhão” acontece nesta sexta-feira (25), na Sala Sesc de Exposições, Av. dos Holandeses, a partir das 19 horas.

Desenvolvendo uma das maiores pesquisas registradas em território nacional sobre azulejos, o livro é um recorte do estudo da azulejaria iniciado em 2003. De autoria dos pesquisadores Domingos de Jesus Costa Pereira, Letícia de Maria Paixão Martins de Castro, Margareth Gomes Figueiredo, Valflôr da Conceição Louzeiro Oliveira e com coordenação geral de Zelinda Lima, o título convida o leitor a percorrer a história dos azulejos e a transição desse elemento decorativo que nas edificações do centro histórico da capital migrou dos ambientes internos para os externos, assim como visa instigar a reflexão sobre a importância da preservação desse acervo.

Azulejos

O azulejo é símbolo da cidade de São Luís. Usado como elemento decorativo de interiores, nas áreas das fachadas de numerosos casarões e sobrados do Centro Histórico tem a função de preservá-las das infiltrações pluviais, dos danos causados pelo salitre e, consequentemente, isentando-as de constantes e onerosas recuperações de rebocos e pinturas.

De herança principalmente portuguesa, a pesquisa coordenada por Zelinda Lima apontou 309 padrões diferentes de azulejos no estado. Além das peças portuguesas, também foram encontrados itens franceses, alemães, ingleses, espanhóis e holandeses.





 

 

 

Enquete

Você é a favor do Uber ou outros aplicativos de transporte em São Luís?:


E-mail:

greg