Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

21/07/2018 - 01:04

Sao Luis: Céu Limpo, 24 °C

Porto do Itaqui tem recorde mensal na movimentação de soja

Porto do Itaqui tem recorde mensal na movimentação de soja

O Porto do Itaqui bateu recorde no embarque mensal de soja, com 1,2 milhão de toneladas. A marca supera o maior resultado anterior, alcançado em junho de 2017, quando foram movimentadas 1,1 milhão de toneladas do grão. No acumulado de janeiro a maio foram escoadas 3,2 milhões de toneladas de soja, o que representa um crescimento de 18% no comparativo com o mesmo período do ano passado, quando foram movimentadas 2,7 milhões de toneladas.

“Nossa conexão ferroviária associada à capacidade de armazenamento dos terminais foi determinante para mantermos o fluxo de embarque desta nova super safra de grãos deste ano”, afirma o presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap).

De toda a carga exportada pelo Itaqui, cerca de 90% chega pelo modal ferroviário. Se pensarmos somente nos grãos, 100% do que é escoado pela VLI e 50% dos grãos movimentados pelo Tegram chegam sobre trilhos.

“Esse recorde nos estimula a manter nossos altos índices de produtividade e aumenta a nossa responsabilidade como porto preferencial para escoamento da produção do Arco Norte do Brasil”, completa Lago.

O Anuário da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) confirma a importância do porto público maranhense. De acordo com o estudo da Agência, a movimentação de grãos pelos portos do Arco Norte (Porto Velho – RO, Miritituba – PA, Santarém – PA, Itacotiara – AM, Barbacena – PA, e Itaqui – MA) aumentou em 80% no ano passado, com 51,2 milhões de toneladas de soja e milho.

Estudo realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) prevê que as exportações de grãos pelos portos do Arco Norte vão continuar crescendo. São 23,8% do total exportado de milho e soja devem deixar o país pelos portos fora do eixo centro-sul. E do volume total de grãos a ser destinado ao mercado externo pelos corredores de escoamento dessa região, 37,2% sairão do Itaqui.

O bom desempenho do Itaqui, diz a pesquisa, impulsiona o crescimento das exportações pelo Arco Norte. O porto maranhense aparece como líder no escoamento de soja e milho produzidos na região do Matopiba (fronteira agrícola que abrange o Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) e a estimativa é de que somente a soja seja responsável por 6,6 milhões de toneladas neste ano.

A gestão do Porto do Itaqui vem se preparando desde 2015 para atender à crescente demanda do mercado. Para isso colocou em ação um plano de modernização e expansão com investimentos em infraestrutura portuária, tecnologia e segurança. De lá para cá foram mais de R$ 150 milhões investidos em obras e ações que garantem a produtividade e a segurança das operações, atraindo cada vez mais a confiança de investidores e produtores.





 

 

 

 

Enquete

Você é a favor do Uber ou outros aplicativos de transporte em São Luís?:


E-mail:

greg