Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

25/04/2019 - 15:23

Sao Luis: Pequenas Nuvens, 25 °C

Parceria promove inclusão no Carnaval de Passarela 2019

Parceria promove inclusão no Carnaval de Passarela 2019

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) se reuniu, nesta sexta-feira (8), com representantes do Comitê Municipal de Valorização da Pessoa Idosa (CVPI). O objetivo do encontro foi  reforçar as ações da gestão municipal para a valorização da pessoa idosa, em especial na área da cultura, durante todo ano. Na oportunidade, foi anunciada que a primeira atuação em parceria será na Passarela do Samba, onde ocorrem os desfiles das agremiações carnavalescas da capital. Neste sentido, a Prefeitura também estabeleceu parceria com instituições que representam pessoas com deficiência e com dificuldade de mobilidade, com vistas à inclusão destes segmentos.

"O Carnaval de Passarela é o primeiro grande evento do calendário cultural e já iniciamos com parcerias para garantir inclusão aos segmentos dos idosos, pessoas com deficiência e pessoas com dificuldade de mobilidade. Este ano teremos 500 lugares na área preferencial, quatro cuidadores e quatro intérpretes de libras nos cinco dias de evento, além de campanhas que serão realizadas no local para a garantia e valorização dos direitos destes cidadãos. Voltamos nossa atenção para esse público nos eventos realizados pela Prefeitura, assegurando a acessibilidade e comprometendo-nos para que todos possam participar da melhor maneira", destacou o secretário municipal de Cultura, Marlon Botão.

O Comitê Municipal de Valorização da Pessoa Idosa é responsável por articular 17 órgãos públicos municipais em prol de políticas públicas para a pessoa idosa. "Nós temos um Plano de Ação de Gestão Integrada que está em vigência para o biênio 2017-2019 e a Secult é um dos órgãos municipais que participa da coordenação executiva, realizando diversas ações que incluem os idosos em sua pauta. Alinhamos com o secretário o que está já sendo feito do Plano e pensar as próximas atividades que serão executadas ao longo do ano. Como articuladores, nosso objetivo é que as secretarias municipais estejam trabalhando em parceria para garantir maior inclusão dos idosos ludovicenses", explicou a líder do Comitê de Valorização da Pessoa Idosa, Lia Farah.

Além do secretário Marlon Botão, participaram da reunião o responsável pela coordenação de Eventos da Secult, José de Ribamar Moraes, a chefe de gabinete da Secult, Camilla Barroso, as líderes do Comitê de Valorização da Pessoa Idosa, Lia Farah e Silvia Nunes, e a coordenadora executiva da Secult no Comitê, Lenir Pereira dos Santos Oliveira.

COMITÊ

O Comitê Municipal de Valorização da Pessoa Idosa foi instituído em 2013 e revitalizado em 2014, com uma estrutura que envolve secretarias e órgãos da administração municipal com o objetivo de atuar, em caráter interinstitucional, na discussão e formulação de políticas públicas de atenção à pessoa idosa. Eram 15 entidades integrantes e hoje são 17, com 34 representantes, entre titulares e suplentes, sob coordenação da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e validação pelo Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de São Luís (CMDI).

Em parceria com entidades governamentais e não governamentais, que atuam na defesa dos direitos da pessoa idosa no município de São Luís, o Comitê se apresenta como uma ferramenta do poder público na busca pela intersetorialidade das políticas públicas voltadas para o segmento idoso. Entendo-as como transversal, o CVPI funciona como uma instância de convergência e fortalecimento destas políticas. Atualmente trabalha embasado no Plano de Ação de Gestão Integrada: compromisso de todos por um envelhecimento digno e saudável, no município de São Luís.

ACESSIBILIDADE

Outra parceria firmada pela Prefeitura foi com o Comitê Gestor Estadual de Políticas de Inclusão das Pessoas com Deficiência que já garantiu a participação dos segmentos de pessoas com deficiência em diversos evento realizados pela gestão municipal.

Para a Passarela do Samba, foi estabelecida uma parceria com o Projeto Travessia, realizado pela Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (Mob), que oferece transporte especial gratuito para pessoas com deficiência, usuária de cadeira de rodas. O serviço vai levar 15 cadeirantes por dia durante os cinco dias do Carnaval. Cada van do Travessia comporta quatro cadeirantes, quatro acompanhantes e dois deficientes visuais.





Enquete

Você é a favor da Reforma da Previdência?:

 

E-mail:

greg