Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

21/08/2019 - 15:10

Sao Luis: Nuvens Dispersas, 31 °C

Feirinha São Luís aquece mercado gastronômico do Centro Histórico

Feirinha São Luís aquece mercado gastronômico do Centro Histórico

A Feirinha São Luís, programa que levou o prefeito Edivaldo Holanda Júnior a vencer a etapa estadual do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2018, se consolida como polo de geração de emprego, de renda e fomentador de empreendedorismo, principalmente no setor da gastronomia e, em especial, no período carnavalesco, quando há um aumento considerável de público no evento. Além do grade movimento nas barracas que vendem comida típica, o comércio do entorno também cresceu com a abertura de novos empreendimentos que têm investido no cardápio tradicional maranhense - abriram as portas nas imediações da Praça Benedito Leite, Centro Histórico, local onde acontece o programa todos domingos, das 7h às 15h.

A Feirinha São Luís reúne atrações variadas da gastronomia tradicional maranhense, além da produção artesanal e agro hortifrutigranjeira de São Luís. Das quase 200 barracas montadas na Praça Benedito Leite e imediações, pelo menos 44 são destinadas à comercialização de comidas típicas e do cardápio mundial, principalmente comercializados pelos foodtrucks.
Na opinião do secretário de Relações Parlamentares, um dos idealizadores e coordenador da Feirinha São Luís, Ivaldo Rodrigues, o programa tem sucesso garantido desde seu período inicial por aglutinar em uma proposta todos os atrativos oferecidos pela cidade.

"No Centro Histórico temos como atração a gastronomia, com a culinária variada e interessante; o artesanato produzido com material local e inspirados em outras culturas, a geração de renda e escoamento da nossa produção agrícola. Reunimos tudo isto na Feirinha São Luís, programa incentivado pelo prefeito Edivaldo desde sua criação", ressalta Rodrigues, destacando que o programa concorre na edição nacional do Prêmio Prefeito Empreendedor 2018, na categoria 'Inclusão Produtiva e Apoio ao Microempreendedor Individual'.

Nos empreendimentos historicamente consolidados na região, como o Restaurante escola Senac, o entusiasmo com a numerosa presença do público desperta a criatividade na oferta de cardápio variados. "Abrimos aos domingos desde junho de 2018 como apoiadores do programa da Prefeitura. Desde então, nestes dias, a clientela tem sido frequente. Em alguns momentos, há um crescimento substancial, como no Carnaval", aponta o diretor regional do Senac, Airton Batista.

No calor das vendas do pré-Carnaval, também o Grand San Luís Hotel, empreendimento do setor da hotelaria localizado na região da Avenida Pedro II, incrementou, aos domingos, o cardápio para os clientes com a realização do "Feijoada com música", no Rias Restaurante São Luís, cadeia com atuação em seis capitais brasileiras, inclusive São Paulo. Além do tradicional prato brasileiro, o hotel oferece estacionamento de cortesia para os clientes, uma opção tentadora para os domingos de grande movimentação do trânsito na região.

Com a família, Celso Aquino dos Santos abriu as portas do Casarão Restaurante ano passado, animado pelo movimento da Feirinha São Luís. "Quando percebi que a clientela gostaria de um cardápio diferenciado, passei, aos domingos, a oferecer mocotó. Tem tido bom retorno", avalia o dono do estabelecimento localizado na esquina da Rua de Nazaré com Rua da Palma.

Antonio José Ferreira, o Bonito, presidente da Associação dos Produtores e Feirantes de Hortifrutigranjeiros da Grande Ilha, está entre os 25 ocupantes das barracas que comercializam frutos, legumes e produtos agroecológicos na Feirinha São Luís. "Neste período do Carnaval, os turistas são maioria. Colocamos para vendas nossos produtos tradicionais como maxixe, quiabo, vinagreira e frutas das épocas como siriguela, pequi, bacuri, abacate, entre outros", cita Bonito.

CARNAVAL

Neste período que precede o Carnaval, a feira entra no ritmo e reúne atrações diversificadas, inspiradas na Festa de Momo. Neste domingo (3), como acontece nos demais, a programação será aberta pela Banda da Feirinha para ser sucedida pelo bloco tradicional Kambalacho do Ritmo. Na Praça Benedito Leite segue a apresentação do grupo de capoeira Aruandê e a sequência de shows iniciada com o Carnaboi, de Juarez Sousa, André e Igor acompanhado de banda e, encerrando a programação, Dinho Berge com repertório de samba.

Desde o começo da Feirinha, é o período do Carnaval que tem levado o maior público que o programa recebe ao longo do ano. "Como artesã, desde o início da Feirinha, posso dizer que é o melhor momento das vendas. Trago para a feira meus colares em fita, inspirados no folclore maranhense, além de brincos e anjinhos floridos da época. Esse ano, pelas primeiras demonstrações, o público será recorde", presume a artesã e cantora Rose Carrenho, do grupo As Brasileirinhas.





Enquete

Você é a favor da Reforma da Previdência?:

 

E-mail:

greg