Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

18/06/2019 - 23:48

Sao Luis: Céu Limpo, 26 °C

Júri absolve homem que tentou matar ex-namorada em São Luís

Júri absolve homem que tentou matar ex-namorada em São Luís

O 1º Tribunal do Júri de São Luís absolveu Eliezer da Cunha Reis pela prática de tentativa de feminicídio e o condenou pela prática de cárcere privado, a 3 anos de reclusão, contra Weslayne Maiane Corrêa. O crime ocorreu em abril do ano passado, em um motel, no bairro da Areinha.

A pena deverá ser cumprida em regime aberto, garantido ao réu recorrer em liberdade. A sentença também revogou a prisão preventiva do réu.

A sessão de julgamento foi presidida pelo juiz Osmar Gomes dos Santos, atuou na acusação o promotor de justiça Luís Carlos Duarte e na defesa, o advogado Petrônio Alves.

Após lida a sentença no salão da 1º Vara do Tribunal do Júri, o Ministério Público recorreu à decisão dos jurados por entender que foi contrária à prova dos autos.

Relembro o caso

Em 5 de abril de 2018, Weslayne Maiane Correa foi sequestrada e levada para o Motel Wall Street, na Areinha, em São Luís, pelo ex-namorado Eliezer da Cunha Reis. Após ouvirem gritos no quarto, os funcionários do local chamaram a polícia.

Depois de duas horas de negociações, o criminoso atirou na cabeça da vítima, que foi levada para o Hospital Djalma Marques, o Socorrão 1.

O motivo seria porque Eliezer não aceitava o fim do relacionamento de 8 anos.
 





Enquete

Você é a favor da Reforma da Previdência?:

 

E-mail:

greg