Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

21/08/2019 - 14:52

Sao Luis: Pequenas Nuvens, 30 °C

Banco de Alimentos arrecada mais de 40 toneladas de alimentos no 1º mês

Banco de Alimentos arrecada mais de 40 toneladas de alimentos no 1º mês

Com apenas 30 dias de funcionamento, o Banco de Alimentos do Maranhão já arrecadou 40 toneladas de alimentos e já beneficiou 56 instituições socioassistenciais da Região Metropolitana de São Luís. O equipamento, que é administrado pela Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), integra um conjunto de ações macro do Governo do Estado desenvolvidas para combater a insegurança alimentar e a fome no Maranhão.

Com ampla estrutura para coleta, armazenamento e distribuição dos produtos provenientes de doações realizadas pela rede de supermercados e estabelecimentos atacadistas parceiros, o Banco de Alimentos foi entregue à população maranhense dia 1º de junho pelo governador Flávio Dino e pelo titular da Sedes, Márcio Honaiser.

“O Banco de Alimentos fortalecerá ainda mais a Política de Segurança Alimentar e Nutricional no Maranhão.  Por meio dele, famílias terão acesso a alimentos selecionados e de alto valor nutricional, que contribuirão para uma alimentação mais digna e de qualidade”, destacou Honaiser.

Com funcionamento de segunda a sexta, das 8h às 17h, o Banco distribui alimentos, quinzenalmente, às famílias participantes do Projeto Cooperar da Ceasa, creches, asilos e outras instituições socioassistenciais cadastradas pela Secretaria Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional (Sasan) da Sedes.

Para o coordenador financeiro da Creche Estrela do Oriente, José Ribamar Carneiro, a instituição se mantém de doações há mais de 20 anos e, atualmente, cuida de 90 crianças diariamente, das 7h30 às 16h. Para ele, as doações realizadas pelo Banco de Alimentos têm garantido uma alimentação com mais qualidade e digna às crianças.

“As doações sempre foram nossa base principal para a manutenção da creche, a partir delas conseguimos cuidar de crianças carentes, que chegam às 7h30 e só retornam para casa às 16h. Aqui elas fazem 2 das principais refeições diárias, tomam o café da manhã e almoçam e, ainda antes da saída, fazem um lanche. Os alimentos doados pelo Banco complementam, de forma significativa, no desenvolvimento das crianças”, explicou Ribamar.

O Clube de Mães do Turu também foi contemplado com doações do Banco de Alimentos. Ao todo, foram 534 kg de alimentos entre verduras, frutas e legumes e, ainda, 20 cestas básicas. A instituição, que existe há 46 anos, atende diariamente 220 crianças e jovens com idade entre 1 e 15 anos.

“O Clube de Mães atende crianças e jovens de famílias carentes de toda São Luís, além de 28 funcionários que trabalham em tempo integral na instituição. A doação feita pelo Governo do Estado, por meio do Banco de Alimentos, contribuiu bastante para a incrementação do cardápio ofertado aos assistidos. A variedade de alimentos recebidos nos ajudou a inserir mais frutas e verduras na alimentação, garantindo refeições mais nutritivas para todos”, disse Lendalva de Souza, uma das responsáveis pelo Clube de Mães do Turu.

Doações

O Banco de Alimentos do Maranhão foi implantado pelo Governo do Estado, em parceria com a Cooperativa dos Hortifrutigranjeiros e com a Central de Abastecimento do Maranhão (Ceasa). O equipamento com dupla funcionalidade visa, além de reduzir os índices de insegurança alimentar, fomentar a diminuição do desperdício de alimentos no estado.

“O Banco arrecada da rede parceira de supermercados produtos de gênero alimentício que são considerados fora dos padrões para comercialização, mas que ainda estão em bom estado para consumo. Ao receber esses alimentos, o equipamento inspeciona para verificar se as propriedades nutricionais se mantêm inalteradas e se os itens estão sem nenhuma restrição de caráter sanitário”, explicou a secretária adjunta de Segurança Alimentar da Sedes, Lourvídia Caldas.

Lourvídia disse, ainda, que dentre os parceiros do Banco, está a própria Ceasa com 18 boxes doadores. “É uma união de esforços em prol de uma causa maior, que é garantir alimentação digna a centenas de famílias”, complementou.

De acordo com o presidente da Ceasa, Milton Gadelha, a Central de Abastecimento do Maranhão também adota práticas que resultam no aproveitamento máximo dos alimentos. “Antes da parceria com o Banco de Alimentos, a Ceasa já trabalhava a questão do desperdício. Os produtos não comercializados, são direcionados às famílias do Projeto Cooperar, que recebem até duas vezes por semana entre 15kg e 20kg de frutas e verduras”, declarou o presidente.

As empresas que firmam parceria com o Banco de Alimentos recebem do Clube dos Doadores certificado, placa, selo e botton que podem atestar a participação da Pessoa Jurídica em ações sociais. Os comércios podem doar para o equipamento itens como legumes, verduras, frutas, grãos e cereais, massas frescas, carnes, aves, peixes, pães, bolos sem recheio e sem cobertura, além de leite e derivados.

Quem tiver interesse em firmar parceria com Banco de Alimentos e ser um doador, pode entrar em contato com a coordenação do equipamento pelo número (98) 99134-2902.

Mais ações

Além do Banco de Alimentos, outros equipamentos públicos de Segurança Alimentar foram implantados pelo Governo do Estado. Só na gestão Flávio Dino, a quantidade de Restaurantes Populares foi triplicada, passando de 7 para 26 unidades que estão em pleno funcionamento. Também foi criada pela atual gestão a Cozinha Comunitária de Marudá, em Alcântara, o primeiro equipamento público de alimentação no Brasil voltado para Comunidade Quilombola. O serviço abrange as sete agrovilas – Marudá, Peru, Peptal, Espera, Ponta Seca, Cajueiro e Só Assim, além dos povoados vizinhos – Manival e Rio Grande.

Ainda este ano, serão entregues mais 28 Restaurantes Populares para os municípios de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Dos trinta equipamentos previstos, 2 já foram inaugurados nas cidades de Governador Newton Bello e Centro Novo do Maranhão.





Enquete

Você é a favor da Reforma da Previdência?:

 

E-mail:

greg