Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

19/08/2019 - 15:08

Sao Luis: Pequenas Nuvens, 32 °C

Museu da Gastronomia: Centro de Capacitação inicia curso em Culinária Típica

Museu da Gastronomia: Centro de Capacitação inicia curso em Culinária Típica

Como parte do programa Férias Culturais, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), deu início nesta segunda-feira (8), à oficina de culinária "Sabores da Terra". A oficina acontece no Centro de Capacitação em Culinária Típica, instalado no Museu da Gastronomia, equipamento inaugurado no mês de junho pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior. As duas oficinas do mês de julho serão realizadas em dois dias, sempre no período da tarde, e sem cobrança de taxa de inscrição. As atividades fazem parte de um conjunto de ações executadas pela gestão municipal com o objetivo de promover a revitalização do Centro Histórico da cidade, especialmente no mês de julho durante as férias.

O milho foi o produto escolhido para inaugurar as oficinas das férias deste ano no Museu da Gastronomia. A secretária municipal de Turismo, Socorro Araújo, explica que as oficinas seguem a orientação do prefeito Edivaldo de promover a geração de renda de maneira criativa neste período de crise financeira e vagas de empregos restrita. "O Centro de Capacitação em Culinária Típica cumpre assim uma de suas funções que é de fomentar o empreendedorismo e difundir nossa cultura. Isso faz parte da própria dinâmica do museu", ressalta.

As oficinas são realizadas pela Setur em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac), que cede profissionais especializados da área para ministrar a parte prática. Na primeira oficina do programa "Sabores da Terra", 27 pessoas se inscreveram para participar da qualificação. Ao concluir as oficinas, eles recebem um documento de participação conferido pelo centro. Todos os participantes dos cursos de maior duração serão certificados.

Segundo informou a secretária Socorro Araújo, nas oficinas serão sempre utilizados um produto natural da culinária maranhense.  "A cada oficina vamos trabalhar um produto natural da culinária maranhense. O milho é um produto bastante popular em São Luís, tanto no período junino quanto nos demais meses do ano", explica a secretária municipal de Turismo, Socorro Araújo.

Na conclusão da oficina, nesta terça-feira (9), todos inscritos irão participar da confecção de um cardápio tendo o milho como principal produto. Esta parte da oficina será ministrada pelo professor chefe do Senac, Andrei Costa. O cozimento dos pratos será nas dependências superiores do Museu da Gastronomia, espaço reservado para as capacitações.

A técnica da Setur e mestra em cultura e sociedade, Brenda Rodrigues, ministrou a primeira parte da oficina. Neste primeiro bloco foram abordados os conceitos fundamentais sobre patrimônio cultural e histórico. Como complementação da parte teórica, o técnico da Setur, Guilherme Guima, além de ressaltar aspectos da nossa história cultural, faz um passeio musical com repertório de artistas maranhenses.

Para a secretária municipal de Turismo, a ideia é despertar nos participantes das oficinas o sentimento de pertencimento. "Conhecendo sua história e o valor e a importância que o patrimônio cultural de São Luís tem para o Brasil e para o mundo fica mais fácil a pessoa desenvolver o sentimento de pertencimento", assinala Socorro Araújo.

Na próxima oficina, que deve acontecer nos dias 23 e 24 de julho, o produto trabalhado será a tapioca. As inscrições poderão ser feitas pela internet, gratuitamente, no Portal da Prefeitura de São Luís ou presencialmente no Museu da Gastronomia.





Enquete

Você é a favor da Reforma da Previdência?:

 

E-mail:

greg