Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

21/08/2019 - 10:55

Sao Luis: Pequenas Nuvens, 28 °C

Vigilante é morto em residência no bairro Araçagi

Vigilante é morto em residência no bairro Araçagi

O vigilante Dimas Pereira Burgos, de 69 anos, foi morto em uma residência no bairro Araçagi, em São José de Ribamar, na madruga da última terça-feira (13).

De acordo com informações do delegado Walter Wanderley, os suspeitos entraram na casa, na Praia do Meio, por volta das 4h da madrugada. O vigilante estava sentado quando foi atingido com um tiro na boca, morrendo no local.

A polícia ainda busca informações sobre os autores do crime. Testemunhas afirmam que viram duas pessoas pulando o muro da casa. Não se sabe quantas pessoas agiram no crime e nem se entraram na casa para cometer um assalto ou para assassinar o vigilante. Imagens dos suspeitos foram captadas por câmeras de segurança.

O corpo do vigilante será velado nesta quarta-feira (14), no bairro Vinhais Velho, em São Luís.

O delegado Walter Wanderley divulgou algumas imagens dos suspeitos para ajudar na identificação e prisão dos envolvidos.

Veja abaixo:

  • Foto: Divulgação/Polícia Civil.Foto: Divulgação/Polícia Civil.
  • Foto: Divulgação/Polícia Civil.Foto: Divulgação/Polícia Civil.
  • Foto: Divulgação/Polícia Civil.Foto: Divulgação/Polícia Civil.
  • Foto: Divulgação/Polícia Civil.Foto: Divulgação/Polícia Civil.
  • Foto: Divulgação/Polícia Civil.Foto: Divulgação/Polícia Civil.
  • Foto: Divulgação/Polícia Civil.Foto: Divulgação/Polícia Civil.
  • Foto: Divulgação/Polícia Civil.Foto: Divulgação/Polícia Civil.
  • Foto: Divulgação/Polícia Civil.Foto: Divulgação/Polícia Civil.
  • Foto: Divulgação/Polícia Civil.Foto: Divulgação/Polícia Civil.
  • Foto: Divulgação/Polícia Civil.Foto: Divulgação/Polícia Civil.
  • Foto: Divulgação/Polícia Civil.Foto: Divulgação/Polícia Civil.





Enquete

Você é a favor da Reforma da Previdência?:

 

E-mail:

greg