Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

20/09/2019 - 02:50

Sao Luis: Céu Limpo, 25 °C

Cruzeiro vence o Vasco no Mineirão por 1 a 0

Cruzeiro vence o Vasco no Mineirão por 1 a 0

O Cruzeiro recebeu o Vasco na noite deste domingo (1), em jogo válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. A Raposa esteve perto de sair atrás no placar, quando Yago Pikachu cobrou pênalti, mas o goleiro Fábio defendeu. Na frente, o jovem Maurício, revelado na base do clube, fez o gol único do jogo e garantiu a vitória.

Com o resultado, a Raposa chegou aos 18 pontos conquistados, mas permanece na 16ª colocação. Já o Vasco continua com 20 pontos e ocupa a 15ª posição na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

O jogo

Diante de sua torcida, o Cruzeiro começou melhor a partida, indo para cima do Vasco. A equipe carioca, toda atrás, procurava se defender e sair no contra-ataque. Logo no primeiro minuto, Thiago Neves resolveu testar o goleiro Fernando Miguel. O meia cortou para dentro e finalizou com força, mas o camisa 1 vascaíno pegou e não deu rebote. Aos 11, nova chegada da Raposa, e novamente com Thiago Neves. Dessa vez, Egídio cruzou na medida para o camisa 10, que apareceu sozinho no meio da área, mas cabeceou para fora.

Depois da metade da primeira parte, o Vasco cresceu no jogo e passou a levar mais perigo ao gol de Fábio, sobretudo nas bolas paradas. Aos 27, Danilo Barcelos cobrou falta de longe, e a bola passou raspando a trave. Aos 42, o lateral-esquerdo tentou outra vez. Danilo aproveitou a bola sobrada na intermediária e mandou um foguete. Fábio fez grande defesa e colocou para escanteio.

No início do segundo tempo, o Vasco saiu um pouco mais para o ataque. E o Cruzmaltino teve chance de abrir o placar logo aos oito minutos. Yago Pikachu foi derrubado na área, e a arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, no entanto, o próprio camisa 22 bateu para boa defesa do goleiro Fábio.

Logo em seguida, o Cruzeiro cresceu na partida e passou a dominar as ações. No minuto após a defesa de Fábio, Egídio encontrou Thiago Neves na área novamente, para outra cabeçada para fora do gol de Fernando Miguel.
Aos 34, a Raposa finalmente abriu o placar depois de pressionar. Em boa jogada individual de David, a bola sobrou para Maurício, que, dentro da pequena área, mandou uma bomba, estufando as redes e dando números finais ao jogo: 1 a 0.

Com CBF.

Foto: Fernando Moreno/AGIF.





Enquete

Você é a favor da Reforma da Previdência?:

 

E-mail:

greg