Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

19/09/2019 - 06:23

Sao Luis: Céu Limpo, 25 °C

Após exigência do Ministério da Saúde, SES fará mapeamento em combate de câncer de mama

Após exigência do Ministério da Saúde, SES fará mapeamento em combate de câncer de mama

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) fará um levantamento detalhado dos mamógrafos disponíveis no Maranhão e do número de exames realizados com esses equipamentos no estado. Essa medida foi decidida durante a reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), realizada semana passada.

O Ministério da Saúde exige que o estado disponha de um mamógrafo para cada 240 mil habitantes. O Maranhão tem cadastrados no sistema do Ministério 54 mamógrafos em funcionamento, mas que, ao se fazer um acompanhamento nos municípios que estão com esses equipamentos cadastrados, constatou-se que a realidade é diferente.

De acordo com a superintendente de Regulação, Controle e Avaliação da SES, Silvia Leite, é possível que muitos dos mamógrafos cadastrados sejam da rede particular e estes não possuírem convênio com o Sistema Único de Saúde (SUS) para o uso em pacientes oriundos dos hospitais públicos.

A SES constatou, em um levantamento preliminar, que apesar da defasagem nos números registrados, o Maranhão tem mamógrafos em todas as suas macrorregiões. Apenas três regionais de saúde não dispõem do equipamento para realizar os exames. Ainda segundo a secretária do SES, o Ministério está com uma verba para disponibilizar mais mamógrafos à população brasileira e esse levantamento mostrará de forma real onde estão as regiões descobertas no estado e, com isso, possamos obter o financiamento do governo federal para a compra de mais máquinas.

Com o mapeamento dos mamógrafos, o estado também suprirá a necessidade de dois outros exames para o combate ao câncer: a ultrassonografia, que servirá de complemento à mamografia na detecção do câncer de mama, e o exame citopatológico, feito para a detecção de HPV e câncer de colo de útero. Com esses equipamentos e exames teremos um cenário real e atual desses tipos de câncer no estado, podendo investir em assistência médica especializada e campanhas focadas na doença.

O Ministério da Saúde determinou que o estado faça 331 mamografias por mês em cada um dos mamógrafos instalados, além de 15 mil lâminas de exames citopatológicos.

Foi aprovada, ainda, pela CIB a proposta de instalação de laboratórios de referências em todas as regiões de saúde para a realização dos exames citopatológicos, podendo ser públicos ou privados, desde que sejam monitorados pela SES e sujeitos a descredenciamento, tanto laboratório como município, caso não haja cumprimento das metas relacionadas à saúde da mulher.

 

Fonte: SES 





Enquete

Você é a favor da Reforma da Previdência?:

 

E-mail:

greg