Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

20/08/2019 - 18:00

Sao Luis: Nuvens Dispersas, 29 °C

Grandes investimentos para produção de energia eólica no Maranhão

Grandes investimentos para produção de energia eólica no Maranhão

A Bioenergy, empresa brasileira especializada em energia renovável, cadastrou 15 projetos de parques eólicos no Estado do Maranhão para o leilão de energia nova A-5, marcado para dezembro deste ano. Os projetos, cada um de 28,8 megawatts (MW), somam 432 MW e se passarem pela fase de habilitação e saírem vencedores do certame serão instalados em um Estado que ainda não possui empreendimentos eólicos em funcionamento.

"Estamos apostando no Maranhão a quatro anos", disse o presidente da empresa, Sérgio Marques, nesta sexta-feira sobre os estudos que já vem sendo feitos na região. O histórico de medição dos ventos no Estado pela companhia é de quase três anos e o fator de capacidade dos parques é "superior a 50%", disse Marques.

Marques considera que os empreendimentos tem condições de competir com parques em outras localidades, considerando os preços que tem sido praticados nos últimos leilões, abaixo de R$ 100 por megawatt-hora (MWh). A Bioenergy tem um memorando de entendimentos com a GE, empresa que costuma fornecer os equipamentos eólicos para os parques da empresa.

O investimento total estimado nos parques no Maranhão é de R$ 2 bilhões. No portfólio da companhia, existe um total de 50 projetos previstos para a região. A empresa tem seis empreendimentos contratados nos leilões de energia realizados em 2009, 2010 e 2011, e no mercado livre, que soma 144 MW de potência instalada, no Rio Grande do Norte. As iniciativas deverão gerar energia suficiente para abastecer uma cidade com 2 milhões de habitantes

A Bioenergy também cadastrou um projeto de usina eólica no Rio Grande do Norte no leilão A-5, de 28,8 MW e investimentos previstos de R$ 120 milhões. O fator de capacidade (taxa de geração efetiva) do parque é de cerca de 48%.

Fonte: Terra
 





Enquete

Você é a favor da Reforma da Previdência?:

 

E-mail:

greg