Às vésperas do Natal e Ano Novo, aeroviários fazem indicativo de greve em todo o Brasil

Às vésperas do Natal e Ano Novo, aeroviários fazem indicativo de greve em todo o Brasil

Funcionários de aeroportos de todo o Brasil estão aderindo a uma paralisação geral iniciada desde a tarde desta última quinta-feira (22). No Maranhão, os aeroviários decidiram por suspender a greve prevista para acontecer a partir de sábado (24) em aeroportos de todo o país. Segundo o sindicato que representa a categoria, apesar de ainda não haver um acordo oficial entre as partes interessadas, foi acatada a suspensão grevista por não ter havido tempo hábil para mobilizar toda a categoria.

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) intermediou acordo no valor de 7,5%. As empresas aéreas oferecem um reajuste de 6,5%. Os trabalhadores aeroviários ainda vão continuar negociando e ameaçam parar na virada do ano.

Contudo, as negociações entre profissionais e sindicato devem continuar pelo menos até o fim de 2011. Se nada ficar acordado entre as partes, a categoria aeroviária afirma que irá cruzar os braços logo nas primeiras horas do ano de 2012.

Em São Luís, desde noite desta quinta-feira (22) nenhum atraso, transtorno ou de reclamação por parte dos cliente foi registrado nos guichês.

Cinco aeroportos no Brasil já decretaram paralisação

Com a paralisação dos aeroviários, funcionários dos aeroportos que trabalham em terra, deflagrada na tarde de ontem, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) registrava, às 7h, atrasos em cerca de 12% dos voos programados para o período em todo o Brasil. Entre os 458 voos domésticos previstos para decolar até as 7h desta sexta-feira (23), 54 (11.8%) partiram com atrasos de mais de meia hora. Outros 11 (2.4 %) voos estavam atrasados no horário entre 6h e 7h; e 17 (3.7 %) foram cancelados.

Nos aeroportos Tom Jobim, no Rio, Confins, em Belo Horizonte, de Fortaleza, Brasília e Salvador, onde os aeroviários estão em greve desde a tarde desta quinta-feira (22), o movimento ainda estava normal no começo da manhã.

 

Da redação SuaCidade.com